GALERIA DE FOTOS Compartilhe:

Memórias Póstumas de Brás Cubas

Com muito humor e criatividade, adaptação transpõe para os palcos um dos maiores clássicos da literatura brasileira

DESCRIÇÃO

No ano em que se comemoram os 180 anos de nascimento do maior escritor da literatura brasileira, Machado de Assis, a Diverte traz de volta aos palcos “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, adaptação teatral do romance homônimo publicado em 1881.

Escrita e dirigida por Regina Galdino, a monólogo musical e humorístico foi encenado pela primeira vez em 1998, quando foi aclamado por crítica e público, além de conquistar diversos prêmios.

Na montagem, Marcos Damigo dá vida a Brás Cubas, um anti-herói irônico e sarcástico que, depois de morto, decide passar a limpo suas experiências como ilustre membro da elite carioca do século 19. Símbolo do homem burguês sem escrúpulos, o defunto-autor não apenas relata sua trajetória, mas também expõe, com muito humor, toda hipocrisia e mal-caratismo de seu círculo social, oferecendo ao público um retrato genial da sociedade brasileira da época.

A estética carnavalizada e fantástica do espetáculo consegue mostrar o quão atraente e atual é a obra-prima de Machado de Assis, podendo chamar a atenção de estudantes para a leitura do original. Afinal, como bem lembra Regina, seria impossível encenar o conteúdo das centenas de páginas do livro em apenas uma hora e meia. “O que nos consola é que, a partir do espetáculo, estimulamos a leitura do romance, que é imperdível”, finaliza a diretora.

 

LOCAL: Teatro Sérgio Cardoso - Bela Vista. São Paulo
 
INDICAÇÃO: 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio
 
 
 

Saiba mais: 11.3883.9090

exposicao@divertecultural.com.br

Facebook Diverte Cultural